Estudo de ECGs que utiliza IA revela que a diferença entre a idade em anos e a idade biológica afeta significativamente a saúde e a longevidade

Você pode ser mais velho ou mais jovem do que pensa. Um novo estudo descobriu que as diferenças entre a idade de uma pessoa em anos e sua idade biológica, conforme previsto por um eletrocardiograma (ECG), habilitado para inteligência artificial (IA) podem fornecer percepções mensuráveis sobre saúde e longevidade.